Snowdonia National Park
Área protegida da Grã-Bretanha, compreende muitos relevos de origem vulcânica que, durante a idade glacial, sofreram aparentes fenômenos de erosão.
O topo mais alto é o Yr Wyddfa Fawr (1.085 ms), um dos cinco cumes da montanha de Snowdon. O parque inclui florestas, lagos, brejos e partes costeiras. Da vegetação rada das montanhas  fazem  parte duas flores raras, endêmicas da zona, o lírio de Snowdon e a papoula de Gales; entre os pássaros são contados o corvo, o corvo de mar, o francelho e o falcão peregrino. Em algumas florestas vivem  o gambá e a marta.
No século XIII Snowdonia foi teatro da última resistência armada de Gales contra a invasão inglesa
e é ainda um baluarte do idioma e da cultura galês. No século XIX se tornou centro de extração da ardósia, uma atividade ainda hoje florescente seja dentro do parque, seja  no distrito adjacente de Blaenau Ffestiniog. Atualmente a atividade principal é a silvicultura. O parque também inclui uma central hidroelétrica a Ffestiniog e uma nuclear, mais não em funcionamento, em Trawsfynydd.
Maiores informações no site do parque.